2ª DDP de Luziânia prende traficantes que cultivavam maconha em casa

182

A 2ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Luziânia prendeu em flagrante delito Diego de Brito Gonçalves e Rodrigo dos Reis de Brito Gonçalves por posse irregular de arma de fogo de uso restrito e cultivo de plantas destinadas à preparação e consumo de drogas. A ação se deu na quarta-feira (07).

Alegando ser mãe dos autuados, mulher tumultuou flagrante

De acordo com uma denúncia anônima, haveria cultivo de “maconha” em uma residência situada no Jardim Planalto. No momento da prisão dos autuados, uma terceira pessoa chegou ao local e, identificando-se como mãe dos autores, iniciou ações que visavam à obstrução do trabalho da equipe de agentes de investigadores, os quais foram alvo de acusações infundadas, palavras de baixo calão e conduta alterada.

Coordenada pela delegada Caroline Matos Barreto, a equipe de policiais buscou solucionar o impasse com voz de comando. Entretanto, a situação se intensificou. Os agentes de polícia tiveram que conduzir a genitora dos suspeitos pelos crimes de desacato, desobediência e resistência. Diego e Rodrigo foram detidos e conduzidos para cadeia pública de Luziânia. A mãe dos autuados foi liberada após a lavratura de termo circunstanciado de ocorrência em seu desfavor.