Policiais civis de Jaraguá prendem assassino da esposa em Anápolis

Publicado em 15/02/2017
Fonte: A A A

WhatsApp Image 2017-02-15 at 10

Jucelino (dir) teria matado Elizabeth (esq), sua própria esposa

A Polícia Civil de Jaraguá, com apoio da Gerência de Operações de Inteligência da Polícia Civil de Goiás, conseguiu prender Jucelino Vaz Cardoso, indiciado por ter assassinado a própria mulher, em Anápolis, cumprindo mandado de prisão preventiva. A ação se deu na terça-feira (13).

No início do ano de 2016, no mês de fevereiro, foi encontrado na Fazenda Bom Jesus, o corpo da vítima Elizabeth Oliveira Romero em avançado estado de decomposição. Após a necropsia, constatou-se que a vítima fora vítima de crime de homicídio. Ela estava desaparecida há mais de cinco dias quando seu corpo fora encontrado com sinais de violência física.

À época, uma criança de seis anos afirmou que a última pessoa a estar com a vítima foi o esposo desta, Jucelino Vaz Cardoso. A autoridade policial que então presidia as investigações, delegado Tibério Martins Cardoso, representou pela prisão temporária de Jucelino.

A prisão foi cumprida. Porém, vencido o prazo da prisão, o suposto autor foi liberado mediante alvará de soltura e, logo em seguida, sua prisão preventiva fora decretada. Entretanto ele não foi mais localizado. Tibério, finalizou o inquérito policial e indiciou Jucelino pela morte da esposa. Mas o indiciado encontrava-se foragido.

Jucelino ainda encontra-se detido em Anápolis. Já se solicitou seu recambiamento para Jaraguá. “Foi um trabalho genuinamente investigativo, que levou dias, até lograrmos êxito em prendê-lo.

Fonte: A A A
Publicado por:


Espalhe na rede