Autor de ataques a garotas de programa que se passava por policial civil é preso em Itumbiara

Publicado em 14/06/2017
Fonte: A A A

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Itumbiara, com apoio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri), prendeu Paulo Santos Franco, por alcunha “Paulinho Motos”, 29 anos. Ele é suspeito de atacar garotas de programa do município fazendo-se passar por policial civil.

As vítimas noticiaram que o autor fazia contato com as mesmas com informações obtidas de um site e marcava programas. Na ocasião dos encontros, o autor já mal chegava e já iniciava as agressões contra as vítimas, mantendo-as sob ameaça de uma arma de fogo, afirmando que iria lhes matar. Uma das vítimas foi estuprada pelo suspeito. O autor usava uma moto Broz NXR 125 KS branca de placa Araporã-MG número GTL 8803 em suas ações.

Apreensões
A partir de informações fornecidas por agentes plantonistas da 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC), a delegada titular da Deam, Yvve Rocha, representou pela prisão temporária do autor. O mandado de prisão foi expedido na manhã de hoje pela 1ª Vara Criminal. Fora feito contato com outra vítima cuja oitiva será formalizada. Duas vítimas ouvidas na especializada já tinham efetuado o reconhecimento do autor por foto.

Na ocasião da prisão do autor, a moto utilizada em suas ações foi encontrada. Os policiais também apreenderam uma espingarda modificada e munição de calibre 22. Além de dar cumprimento ao mandado de prisão temporária, fora lavrado o auto de prisão em flagrante por posse de arma de fogo.

O autor havia marcado com outra possível vítima para a tarde de quarta-(14), encontro que não ocorreu devido à intervenção policial. Acredita-se que, por medo, nem todas as vítima procuraram a Polícia Civil.

Fonte: A A A
Publicado por:


Espalhe na rede