Ladrões se passam por policiais civis para praticar roubos no Condomínio Santa Rita

78

A 15ª Delegacia de Polícia está investigando o caso de ladrões que se passavam por policiais civis para cometerem crimes no setor Condomínio Santa Rita, em Goiânia.

Na noite da última sexta-feira (26), a polícia prendeu em flagrante e autuou Letícia Carneiro de Oliveira Coelho, de 22 anos, pela prática do crime de receptação. Através dela, foi possível chegar ao marido, Jhonatan Ferreira da Silva.

Jhonatan e mais dois comparsas se passaram por policiais civis nesse condomínio e roubaram cerca de 4000 carteiras de cigarro, além de R$ 2400,00 em espécie. Na residência de Jhonatan e Letícia foi encontrada uma pequena parcela dos cigarros roubados, além de camisetas da Polícia Civil de Goiás e da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e Justiça (Sapejus).

Letícia tinha conhecimento da origem ilícita dos produtos e da conduta de seu marido. Jonatan foi reconhecido pela vítima do roubo e será investigado, agora, o envolvimento de um vigilante penitenciário na prática dos crimes.