Presos suspeitos de matar comerciante após briga por causa de troco

134

Três jovens foram presos suspeitos de matar a tiros o comerciante Fabiano Miranda Macedo, de 35 anos, em Goiânia, em novembro de 2017. O crime aconteceu no estabelecimento da vítima, uma distribuidora de bebidas, na Vila Jaraguá, um mês após Fabiano discutir com a mãe de um dos suspeitos, por causa de troco. Câmeras de segurança registraram toda a ação.

De acordo com as investigações, coordenadas pelo delegado marco Aurélio Eusébio, após a discussão, a mulher contou a situação para o filho, Maurício Guimarães Pimental Júnior, de 21, vulgo “Mangão”, que cumpre pena por tráfico de drogas em Aparecida de Goiânia. Ele ficou incomodado com a situação e, conforme a investigação, mandou Lucas Vinicius Borges, 23, conhecido como “Pachola”, e Kayo Vinicius Novais de Souza, 20, irem até a distribuidora para executar o comerciante.

“A mulher foi até a distribuidora da vitima, fez uma compra e entregou notas de R$ 2 para o Fabiano. Ela questionou o troco recebido, alegando que, no maço, havia uma nota de R$ 100. Os dois tiveram uma discussão e ela foi embora. Dias depois, a mulher contou ao filho, que esta no presídio. Ele não gostou e encomendou o crime”, contou o delegado.