Unidos até no crime: Casal é preso pela Polícia Civil em laboratório de refino de cocaína

31
Droga, armas e demais objetos apreendidos em poder do casal

Após 15 dias de investigações, policiais civis da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc)  prenderam terça-feira (20/12) um casal responsável por manter um laboratório de refino de drogas no  Jardim Vitória 2, em Goiânia. Sem antecedentes criminais, Ludmila Costa de Oliveira, de 30 anos, foi detida em casa, onde, segundo a Polícia Civil, funcionava o laboratório. Welton de Vasconcelos Silva, de 42 anos, também sem passagens pela polícia, foi preso em um lavajato localizado no Jardim Mariliza.

De acordo com o delegado que cuida do caso, Alécio Moreira de Souza, foram encontrados no laboratório 14 quilos de maconha, 61 porções de cocaína, 1,2 quilos da droga já refinada, além de oito quilos de ácido bórico, usado no refino de cocaína. Duas pistolas, 38 munições, um colete balístico e duas balanças de precisão também foram encontrados. Juntamente com os dois detidos, todo material apreendido foi levado para Denarc.

 Mesmo sem antecedentes criminais, o casal foi ouvido  e permanece preso, é o que afirma o delegado. “Eles não têm passagens, mas a quantidade de droga apreendida é grande, sem falar no restante do material. Por enquanto, eles continuam detidos.”

Fonte: Site A Redaçao
Texto: Adriana Marinelli
Foto: Polícia Civil