Investigados por homicídios são presos pelo GIH de Luziânia

Publicado em 09/10/2017
Fonte: A A A

laercioPoliciais civis lotados no Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia, coordenados pelo delegado Maurício Passerini, deflagraram, no dia 6 de outubro, operação com o escopo de cumprir mandados de prisão expedidos em desfavor de homicidas.

Na ocasião, os policiais civis prenderam Laércio Matos de Araújo, de 44 anos, investigado pela prática de homicídio qualificado pelo uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. O crime ocorreu em julho do corrente ano, quando, após discutir por ter perdido uma partida de sinuca, efetuou disparos contra a vítima Tiago Dall Agnol, de 18 anos.

Com Laércio, que ameaçou de morte os policiais envolvidos na prisão, foram apreendidos um revólver calibre 22 e uma espingarda calibre 38, ambos municiados. Em razão disso, Laércio também foi autuado em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e resistência. Já na delegacia, a polícia constatou que, em desfavor do mesmo, pesava mandado de prisão em decorrência de condenação pelo crime de estupro.

Na sequência, os policiais civis do GIH cumpriram mandado de prisão preventiva expedido contra Edmar Santos Bueno, de 40 anos, investigado pela prática de homicídio qualificado, fato ocorrido em maio de 2014. De acordo com a investigação, Edmar teria se desentendido com a vítima, Rafael Matos Teixeira, e, após discussão banal, o matou mediante disparos de arma de fogo.

Fonte: A A A
Publicado por:


Espalhe na rede