Caso Murilo: inquérito policial que apura desaparecimento do jovem vai para DP de Ceres

273

Cerca de 30 policiais civis das regiões de Goiás, Anápolis e Ceres, com apoio de bombeiros militares, incluindo mergulhadores e cães treinados em salvamento, realizaram buscas pelo jovem Murilo Ramos, 25 anos, o qual se encontra desaparecido desde sábado (27/09) quando deixou Itapuranga e se dirigiu para a cidade de Ceres, onde chegou às 22h15 horas.

Murilo Ramos foi vítima de roubo do veículo IX35, tendo os assaltantes restringido sua liberdade durante o trajeto de Ceres para Anápolis, local onde os assaltantes foram mortos durante confronto com policiais militares.

As buscas realizadas, no último sábado (03/10), foram concentradas em zonas de mata na região do Posto da PRF de Jaraguá. Nos dias anteriores, buscas também foram realizadas na região de Jaranápolis e Pirenópolis, visto haver informações de que Murilo teria sido solto nessa região.

Embora tenham sido empreendidos todos os esforços, especialmente com a participação de voluntários, até o presente momento Murilo Ramos não foi localizado.

A Polícia Civil prosseguirá nos trabalhos investigativos e conta com o auxílio da população por meio de denúncias que poderão ser feitas através do Disque-denúncia 197. O inquérito policial será transferido do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Itaberaí para a Delegacia de Polícia (DP) de Ceres, cidade onde se consumou o desaparecimento, ainda nesta semana. A Polícia Civil vai oficiar o Corpo de Bombeiros para que esta instituição dê continuidade ao trabalho de buscas, ao passo que a Polícia Civil se concentrará nas investigações. Nenhuma linha investigativa está descartada e a PCGO trabalha com a hipótese de ocorrência do crime de roubo com restrição à liberdade da vítima. Na DP de Ceres, o inquérito ficará a cargo do delegado Matheus Costa Melo.