Deai Anápolis faz balanço de ação para investigar crimes contra os idosos na pandemia

142

Entre os dias 13 e 20 de agosto deste ano, a Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (Deai) de Anápolis deflagrou uma operação para verificar as denúncias de crimes contra idosos, que cresceram durante o período de pandemia. Ao todo, foram visitadas 95 supostas vítimas na cidade de Anápolis, incluindo os distritos e zona rural.

Ao todo,  08 idosos foram encaminhados para hospitais ou asilos da cidade; 04 agressores, usuários de drogas, a pedido dos idosos foram internados voluntariamente em uma clínica de recuperação para dependentes químicos; 35 casos serão investigados por meio de inquéritos policiais; 01 filho foi preso em flagrante por ter espancado o pai, idoso, no dia da visita policial. O idoso sofreu ferimentos na cabeça, com suspeita de traumatismo craniano, e precisará de exames, incluindo tomografia, para que a equipe médica verifique a presença de algum dano cerebral. Já o filho vai responder por lesão corporal, injúria, ameaça e invasão de domicílio.

As visitas têm seguido protocolo de segurança com o uso de máscaras, luvas e capotes descartáveis.