Deflagrada Operação Venditio Fumi contra o tráfico de drogas em Planaltina

439

A Polícia Civil de Goiás deu cumprimento a mandados de buscas e de prisão, nesta sexta-feira (20), vinculados à Operação Venditio Fumis. Jonas Pereira de Souza Gualberto foi preso em função de investigação que durou cerca de seis meses. Vários usuários foram detidos nas proximidades da residência de Jonas e o indicaram como um dos maiores fornecedores de crack. Foram apreendidos também em poder de Jonas uma pequena quantidade de droga, valores e televisões sem documentação que estavam na residência.

O nome da operação, Venditio Fumis ou “venda de fumaça”, tem origem em um termo latino relacionado ao tráfico de influência. Isso por que Jonas divulgava para seus clientes que havia subornado policiais civis e militares para poder agir livremente.

Participaram da operação dezoito policiais civis vinculados da Delegacia de Polícia, Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) e Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Planaltina, bem como doze homens da Polícia Militar e equipe de apoio com cães.

Delegado responsável: Cristiomário Medeiros.