Suspeito de homicídio contra irmão de ator é preso em Caiapônia

818

Os policiais civis da Delegacia de Polícia (DP) de Caiapônia e do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Iporá cumpriram, nessa segunda-feira 24, mandado de prisão em desfavor de João Batista Alves. Ele é suspeito do homicídio praticado contra Hélio Batista da Luz, no ano de 2013.

Segundo a investigação policial, no dia 21 de outubro de 2013, o autor João Batista, após desavença com Hélio, efetuou três disparos de arma de fogo na vítima, levando-a a óbito. O motivo da desavença entre ambos foi a demarcação de uma cerca na divisa da propriedade rural de Hélio e João Batista. O caso tomou grande repercussão local devido à vítima ser irmão do ator e diretor Hugo Caiapônia, que interpreta o personagem Imbilino.

O mandado de prisão é oriundo de sentença penal condenatória, na qual após julgamento no tribunal do júri, João Batista foi condenado a mais de 15 anos de prisão.