Dois são presos em Jaraguá por corrupção ativa; dupla ofereceu dinheiro para não ser presa

150

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Jaraguá, recebeu uma informação, no último sábado (15), de que havia dois indivíduos em atitude suspeita dentro de uma agência bancária da cidade. Imediatamente os policiais civis do plantão se deslocaram até o banco e conseguiram abordar os dois.

Eles foram identificados como sendo José Roberto Carlos da Silva e Luiz José da Silva Neto. Ambos são do Ceará, mas moravam no Distrito Federal. Com eles foram encontrados e apreendidos inúmeros cartões bancários em nome de várias pessoas.

Na delegacia, os dois investigados insistiram com os policiais que queriam falar com o delegado. O delegado Glênio Alves então convidou os dois para irem até sua sala e lá eles ofereceram R$ 10 mil para que o procedimento policial não fosse lavrado. Imediatamente foi dada voz de prisão aos dois pelo crime de corrupção ativa.

A Polícia Civil, pela quantidade de cartões bancários encontrados com eles, acredita que a dupla estava praticando o crime de estelionato (golpe “posso ajudar”) há algum tempo.

A divulgação das imagens dos suspeitos, no caso em tela, se justifica em razão da primazia do interesse público, haja vista que podem haver outras vítimas de crimes praticados pelos investigados.