Operação Algodão Nobre: PC, PM, PRF e Secon prendem suspeitos de roubo milionário de carga de plumas de algodão

203

A Operação Algodão Nobre, realizada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), em conjunto com a Secretaria Estadual da Economia (Secon) e demais forças policiais – Polícia Militar (PM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) -, recuperou uma carga de plumas de algodão tipo exportação roubada, no dia 15 de julho último, próximo à cidade de Paranaíba, Mato Grosso do Sul.

A investigação constatou que, no mesmo dia, o sinal do rastreador da carreta foi acionado, mostrando movimento próximo a Goiânia. A partir de então, os integrantes das forças policiais iniciaram diligências e encontraram o veículo roubado, porém sem a carga.

No entanto, a partir das investigações realizadas, na noite da última quinta-feira (16), as equipes de polícia prenderam dois suspeitos de roubo, em Chapadão do Sul (MS), os quais estavam num cavalo trator com placas adulteradas e ainda um aparelho bloqueador de sinal (jammer). No dia seguinte, foi possível recuperar todo o carregamento roubado, que estava escondido num depósito situado na cidade de Indiara, interior goiano.

O dono do galpão de Indiara já era investigado pela Decar há mais de dois anos, suspeito de cometer mais de 20 receptações de cargas de plumas de algodão (cada uma avaliada em mais de meio milhão de reais). A Polícia Civil calcula que os empresários tiveram prejuízos que ultrapassam R$ 20 milhões com os crimes. As investigações prosseguem a fim de localizar outros investigados. Carros e maquinários utilizados nos delitos foram apreendidos.