Após ato sexual em ligação de vídeo com criança, homem é preso em Goiânia

347

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Goiânia, realizou, na manhã desta sexta-feira (02/12), o cumprimento de mandado de prisão preventiva de um indivíduo de 45 anos, pelo fato de ter submetido uma criança de 09 anos de idade a presenciar, através do aplicativo Whatsapp, a prática de ato sexual – automasturbação.

No decorrer da investigação, verificou-se que o investigado fazia parte do círculo familiar da criança e conhecedor do fato da mesma possuir aparelho celular. Ele realizou uma ligação de videochamada com a mesma, de modo que, após certificar que não havia a presença de adultos próximos à criança, iniciou práticas sexuais para satisfação de lascívia própria, expondo de forma explícita seu respectivo órgão genital.

Após denúncia realizada através do Disque 100 e 197 da Polícia Civil, foi possível realizar a apuração completa dos fatos, delinear o perfil pedófilo do investigado e, diante do risco de reiteração delitiva, após representação realizada junto ao Poder Judiciário, deu-se cumprimento à prisão preventiva do investigado, sendo localizado no setor Campinas, nesta capital.

Após as comunicações de praxe, o preso que ainda não possuía passagens criminais, foi recolhido à unidade prisional e encontra-se à disposição do Poder Judiciário.