Autor de feminicídio ocorrido em 2008, em Goiânia, é preso no interior nordestino

270

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Homicídios (DIH), em parceria com a PM-RN, efetuou a prisão de Flávio Antônio de Oliveira, autor do grave feminicídio ocorrido no dia 19 de outubro de 2008, na Vila Canaã, Goiânia. De acordo com as investigações, conduzidas pelo delegado Ernane Cazer,  após anos 5 anos e meio agredindo e ameaçando a vítima Ariane Irene Lemes Vieira, Flávio acabou matando-a a facadas com requintes de crueldade, logo após o fim do traumático relacionamento, especialmente porque a vítima se negava a reatar com o amásio.

A DIH investigou o bárbaro crime e o elucidou, com o indiciamento formal do autor, que teve sua prisão preventiva deferida pelo poder judiciário. Porém, após o ocorrido, o autor fugiu para Ponta Porã (MS) onde conseguiu uma nova identidade com o nome de Jorge Alberto Mendonça. Lá, ele permaneceu alguns anos trabalhando e se comportando como se nada tivesse acontecido. Dando continuidade à fuga, Flávio mudou-se para o estado de Pernambuco e se estabeleceu na capital Recife, onde adquiriu mais uma nova identidade, desta vez como Lourenço Ferraço Dias.

Mais recentemente, o investigado mudou novamente de cidade, desta vez para Goianinha (PE), onde acabou sendo localizado pela Polícia Civil do Estado de Goiás e preso no dia 12 de julho do corrente ano, com apoio da Polícia Militar do Estado de Pernambuco. Flávio Antônio de Oliveira foi recambiado para Goiânia recentemente. Há relatos de familiares no sentido de que o autor do crime realizou ameaças contra familiares da vítima, razão pela qual a família encontra-se amedrontada e clamava por justiça.