Cartório V da DIH prende homicidas que integravam facção criminosa liderada por traficante

778

A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), por meio do Cartório V, cumpriu mandados de prisão temporária em desfavor de Jhonathan Cardoso de Lima, por alcunha “Mutuca”, e Bárbara Lueny Alves da Rocha, vulgo “Pichula”, na quinta-feira (22).

Eles são investigados pela prática do homicídio que ceifou a vida de Ediney Costa Santana no dia 24 de junho deste ano, no interior da residência da vítima. Jhonathan foi preso em flagrante dias atrás pelo homicidio de Lindomar Santos Carvalho, mas foi liberado na audiência de custódia.

Jhonathan também está envolvido no homicídio de Nattan Murilo Gomes de Oliveira, ocorrido no dia 05 de agosto. Segundo o que foi apurado, ambos os presos integram facção criminosa vinculada ao traficante “Boca de Lata”. As investigações foram efetivadas pelos policiais civis Fábio, Fernando, Márcio, Wilson e Juliany. coordenados pelo Delegado Ernane Cazer.