Caso 99 POP: Polícia Civil prende em flagrante maior e menor suspeitos de latrocínio a motorista de aplicativo

231

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Roubos (GARRA), núcleo da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), efetuou nessa quarta-feira (1º) a prisão em flagrante de um jovem de 19 anos e a apreensão de um adolescente de 16 anos suspeitos da prática do delito de roubo seguido de morte (latrocínio). O crime foi praticado contra o motorista de aplicativo Carlos Roberto da Silva, 58 anos, na noite da última segunda-feira (29 de junho), no Setor São Francisco, em Goiânia.

A vítima foi encontrada morta, na madrugada do dia 30 de junho, por funcionários da COMURG, enquanto realizavam a coleta de lixo no Setor São Francisco. O corpo apresentava diversas lesões por instrumento perfurocortante (faca) e estava sem os documentos pessoais. Ainda na madrugada do dia 30, o veículo da vítima foi localizado na Av. Luísa M. Coimbra Bueno, no Setor Jardins do Cerrado, Goiânia, após os autores do roubo colidirem com uma árvore e evadirem, deixando no local os documentos da vítima e a faca utilizada para ceifar a vida do motorista de aplicativo.

Após diversas diligências, a Polícia Civil apurou que dois adolescentes, entre eles o apreendido, e um outro maior (agora preso), planejaram um roubo de veículo. O maior forneceu a faca e sua residência para que o veículo automotor fosse escondido após a consumação da empreitada criminosa, ficando a cargo dos dois adolescentes a execução.

Após os adolescentes passarem por um condomínio, no Jardins do Cerrado 7, encontraram a vítima estacionada e resolveram perguntar se era motorista de aplicativo, sendo respondido positivamente. Em seguida, combinaram uma corrida até o Setor São Francisco. Chegando ao local, o adolescente apreendido anunciou o assalto e retirou a vítima à força do interior do veículo, passando então a desferir diversos golpes de arma branca, causando o óbito.

Os adolescentes abandonaram o corpo da vítima em via pública e iniciaram o percurso de volta para o Jardins Cerrado 7. Ao chegar na residência do maior, este não aceitou receber o carro, diante da informação do assassinato do motorista de aplicativo. Durante a evasão deste local, os adolescentes acabaram colidindo com uma árvore e capotando o veículo.

Feita a identificação dos envolvidos, a Polícia Civil conseguiu prender o maior em sua residência, situada no Jardins Cerrado 7, inclusive na posse de drogas, as quais seriam para revenda. O adolescente responsável por desferir as facadas foi localizado e apreendido no Jardim Curitiba. O outro adolescente infrator não foi localizado até o momento, estando em local incerto e não sabido. As equipes da Deic ainda estão à sua procura.