Cibernéticos cumpre mandados relacionados a “fake news” divulgadas contra o comando do Corpo de Bombeiros de Goiás

237

A equipe da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) cumpriu, na manhã de hoje (04), mandados de busca e apreensão para identificar a autoria de várias “fake news” publicadas contra o comando do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás.

O inquérito policial foi instaurado após o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás comparecer à DERCC e apresentar “notitia criminis” contendo diversas mensagens que haviam sido compartilhadas, via aplicativo WhatsApp, nas quais foram narrados diversos fatos desonrosos contra o próprio comandante-geral e outros oficiais componentes do mesmo comando.

Por meio de diligências policiais, foram verificados dados relevantes para a identificação da autoria das mensagens criminosas, sendo representado judicialmente pela expedição de mandados de busca e apreensão, medida cautelar deferida pelo Poder Judiciário da Auditoria Militar de Goiás. Os dois mandados foram cumpridos em Goiânia e em Rio Verde e contaram com o apoio dos policiais civis da 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Rio Verde.

Na oportunidade das buscas, foram apreendidos computadores, tablets, aparelho celular e alguns pendrives que agora terão seus dados analisados e auxiliarão a elucidar a autoria dos crimes investigados.

As mensagens investigadas, que haviam sido amplamente compartilhadas em diversos grupos de WhatsApp, podem ser classificadas como “fake news” porque são compostas por fatos inverídicos, no todo ou em parte, e certamente visavam denegrir a imagem do Comandante-Geral e dos demais oficiais que também foram citados.