Cibernéticos identifica autores de falsa venda de armas pela internet

691

A Delegacia Estadual de Repressão à Crimes Cibernéticos deflagrou, na sexta-feira (31), a Operação Fake Guns, cumprindo mandados de busca e apreensão. Na ocasião, foram identificados quatro autores de estelionatos praticados pela internet.

Gabriel Rodrigues Candini, de 20 anos, que está preso na Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia; Lucas Rodrigues Candini, de 18 anos; Ronaldo Alves Pinto, de 20 anos; e Eleni José dos Santos, de 42 anos, que está foragida, serão indiciados por integrarem associação criminosa que praticava golpes de falsa venda de armas de fogo por meio de anúncios na internet.

Até o momento, foram identificadas três vítimas, sendo uma da cidade de Goiânia, outra do estado de Minas Gerais, e outra do Estado do Maranhão. Segundo a delegada titular da especializada, Sabrina Leles, as vítimas realizaram transferências bancárias em benefício dos indiciados, acreditando que estavam adquirindo armas de fogo com registro, conforme anunciado nas páginas em redes sociais e sites de vendas.

A Delegacia Estadual de Repressão à Crimes Cibernéticos solicitou judicialmente a determinação de exclusão dos perfis, sites e vídeos produzidos pelos criminosos e que são utilizados para aplicar golpes em vítimas diversas.