Cibernéticos prende empresário por armazenar pornografia infantil

213

A equipe de policiais civis da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) prendeu em flagrante delito, nessa terça-feira (16), em Jataí, um jovem de 30 anos de idade, por armazenamento de imagens pornográficas infantis.

O autuado E. D. S. L. é empresário e técnico em informática e, desde fevereiro de 2019, estava sendo investigado pela delegacia especializada por constranger ilegalmente uma cliente de sua empresa de manutenção de computadores.

A jovem estava sofrendo ameaças de divulgação de suas imagens íntimas nas redes sociais. Os vídeos, ao que tudo aponta, foram obtidos na oportunidade em que ela levou seu computador para manutenção na empresa do investigado, em Jataí.

Em decorrência do cumprimento do mandado de busca e apreensão na empresa de propriedade do autuado, foi verificado que no celular dele havia diversas imagens de pornografia infantil armazenadas.

O técnico em informática e empresário foi autuado em flagrante pelo crime do ECA e será também indiciado pela prática do crime de constrangimento ilegal por ameaçar divulgar imagens íntimas da cliente, fato ocorrido no mês de fevereiro deste ano.