DEAM de Aparecida de Goiânia prende investigado por lesão corporal grave e estupro

266

Policiais civis da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Aparecida de Goiânia (2ª DRP), coordenados pela delegada Ana Paula Machado, cumpriram na manhã desta quarta-feira (19), mandado de prisão preventiva em desfavor de investigado por agredir violentamente a sua companheira e estuprá-la. A vítima ficou internada na UTI por alguns dias e, após retomar a consciência, confirmou as agressões.

De acordo com as investigações, o crime ocorreu no último dia 2 de fevereiro, na residência do casal, situada no Setor Cândido de Queiroz, em Aparecida de Goiânia. O investigado será indiciado pelos delitos de lesão corporal de natureza grave e estupro de vulnerável, no âmbito de violência doméstica e familiar. Por imposição da Lei n. 13.869/19, não serão divulgados nome e imagens do investigado.