Decar e PRF prendem mais um receptador de cargas no bojo da Operação Zayn

597

Em prosseguimento à Operação Zayn, cujo objeto é o combate ao crime organizado especializado em roubos de caminhões e semirreboques e cargas de gêneros alimentícios, as equipes da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam em flagrante, nessa terça-feira (2), João Aldo Valarini, autuado pelo delito de receptação. Com ele foi apreendido um semirreboque roubado em 2017.

João Aldo é investigado há mais de um ano por pertencer a estruturada organização criminosa responsável por mais de sessenta roubos de caminhões de cargas em Goiás, Mato Grosso, Pará e São Paulo.

Os caminhões e semirreboques eram subtraídos com emprego de arma de fogo e os motoristas tinham suas liberdades restringidas, sendo liberados tão somente após a entrega a receptadores das cargas e as adulterações iniciais dos conjuntos veiculares.

O autuado fazia parte do núcleo operacional da organização, responsável por transportar os caminhões entre as unidades da federação, do local do roubo até às oficinas que fariam as adulterações.

Contabilizando a prisão de João Aldo Valarini, até agora já são 41 pessoas da mesma organização encarcerados, mais de 30 (trinta) caminhões e semirreboques recuperados e grande numerário em dinheiro bloqueados nas contas bancárias de empresas de transportes, todas ligadas aos coordenadores dos núcleos financeiros do esquema. Alexandre Keller, um dos chefes da organização ligado a facção criminosa paulista, encontra-se foragido.