Decar prende casal por organização criminosa em Natal

1214

As Delegacias Especializadas ao Combate ao Roubo de Cargas das Polícias Civis dos estados de Goiás e Rio Grande do Norte (Decar/GO e DEPROV/RN) cumpriram dois mandados de prisão preventiva, na última segunda-feira (18), em Natal (RN). Os mandados foram expedidos pelo Poder Judiciário de Goiás, em desfavor de Alex Alves Tinoco, chefe de uma organização criminosa que atua principalmente no roubo e receptação de cargas.

Para o intento criminoso, Alex usava nomes falsos, como Gustavo Alex Alves de Morais, Arthur Alex Alves, Alexandre Morais e Max Alex Morais. Chegou inclusive a ter registro de arma no nome falso de Gustavo.

A esposa do investigado, Daiane Alves Morais, também foi presa preventivamente. Daiane, que tem documentos falsos em nome de Dayanne Alves Moreira e de Diana Alves Moreira, foi detida em função não só da atuação junto ao comércio de confecções do casal na região da Rua 44, em Goiânia, mas também por se beneficiar dos lucros das ações criminosas encabeçadas pelo marido.

O casal é investigado por integrar organização criminosa que atua em falsificações e uso de documentos falsos, roubos de carga, receptação de cargas de roupas e tecidos para posterior manufatura e venda, além de estelionato, como golpe contra seguradoras de veículos que, na verdade, nunca foram subtraídos.

Em dezembro do ano passado, a Decar prendeu a mãe de Alex, Maria Aparecida Tinoco, investigada nos mesmos fatos e inquéritos instaurados na especializada.