Decon apreende mais de 1 tonelada de pão em fábrica infestada de insetos e roedores

400

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), em conjunto com a Vigilância Sanitária Municipal, apreendeu, no dia 23 de julho, em mais uma etapa da da Operação Olho Vivo, 1.037 quilos de pão fabricado em local precário e em meio a roedores e insetos. A fábrica, localizada no Setor São José, em Goiânia, já havia sido interditada pela precariedade da estrutura física e ausência de área própria para o depósito de matéria prima, mas continuava funcionando de forma irregular desde março.

Durante a ação foi verificada, além de muita sujeira, a presença de roedores, baratas e teias de aranha. Foi apurado ainda pelas equipes que a data de fabricação dos pães, apreendidos pela Vigilância Sanitária, estava alterada e boa parte, sem rótulo. Os produtos eram distribuídos para lanchonetes da capital e região metropolitana.

Segundo o delegado Rodrigo Godinho, os funcionários da empresa que estavam no local no momento da operação foram encaminhados à delegacia especializada e prestaram esclarecimentos. O proprietário também foi identificado e será ouvido no decorrer das investigações. Ele pode responder por crime contra as relações de consumo, com pena de dois a cinco anos de detenção.