Decon apreende mais de uma tonelada de rapadura imprópria para consumo

205

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) apreendeu, nesta terça-feira (11), aproximadamente uma tonelada e meia de produtos impróprios ao consumo em uma fábrica clandestina de rapadura no distrito de Marinápolis, em Terezópolis de Goiás.

A Decon, com apoio técnico da Vigilância Sanitária do Estado de Goiás, interditou e autuou a empresa. O local já havia sido autuado e interditado em junho de 2020, mas continuou sua produção de maneira clandestina, sem possuir alvará sanitário e sem atender as condições mínimas higiênico-sanitárias.

Além das irregularidades na fabricação de rapaduras, o investigado utilizava açúcar como matéria-prima, e não cana-de-açúcar. O investigado responderá a inquérito policial pela prática de crime contra as relações de consumo, que prevê pena de até 5 anos de prisão.