Decon apreende 30 mil brinquedos falsificados em loja da Capital

476

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor do Estado de Goiás (Decon) apreendeu, no dia 19 de dezembro, quase 30 mil brinquedos falsificados em uma loja comercial no bairro Campinas, em Goiânia. Estima-se que o valor dos produtos apreendidos ultrapasse a quantia de 400 mil reais.

Os investigadores da Polícia Civil localizaram a mercadoria pirateada em um galpão anexo à loja investigada. De acordo com os órgãos de proteção ao consumidor, a compra de brinquedos pirateados coloca em risco a saúde das crianças, podendo ocasionar sufocamento, perfuração da pele ou o perigo da criança ingerir pequenas peças.

O proprietário do estabelecimento comercial poderá responder pelos crimes contra as relações de consumo, cuja pena varia de dois a cinco anos de detenção, e crime contra as marcas e patentes, com pena máxima de dois anos.