Decon e Procon apreendem produtos vencidos em mercado e farmácia em Goiânia

226

Os policiais civis da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon) deram sequência nessa quinta-feira (16) às ações em defesa do consumidor que estão sendo realizadas em parceria com o Procon Goiás. Desde o início da situação emergencial causada pelo coronavírus, os servidores têm atuado investigando aumentos abusivos de preços e fabricação e comercialização irregular de saneantes e EPI’s.

Ontem os policiais identificaram produtos impróprios ao consumo sendo vendidos em um supermercado no Setor Forteville e em uma drogaria na Vila Rizzo, em Goiânia. Eram produtos alimentícios, bebidas, cremes, repelentes entre outros, com data de validade vencida. Dois inquéritos policiais serão instaurados para apurar detalhadamente as responsabilidades.