Decon fiscaliza empresa que vendia equipamentos hospitalares sem autorização sanitária

337

Em ação de combate à comercialização ilegal de equipamentos médicos e estéticos, nessa terça-feira 4 de junho, a equipe da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra o Consumidor (Decon) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fiscalizaram uma empresa de informática com sede em Goiânia.

No local foram encontrados equipamentos médicos e estéticos diversos, como termômetros, estetoscópios, aparelhos aferidores de pressão, componentes de implantes dentários, instrumentos para limpeza de pele entre outros. Todo o material era comercializado sem o devido registro na Anvisa.

Foi apreendido também aparelho falsificado usado na aplicação de anestesia. Todos os objetos foram retirados do mercado e o proprietário do estabelecimento foi autuado administrativamente e responderá pela prática de crime contra a saúde pública, cuja pena máxima de prisão é de 15 anos.

Delegado responsável: Frederico Maciel.