Decon recebe Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania

645

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor do Estado de Goiás (Decon) passa a contar com um Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), que funcionará na recepção do prédio, localizado na Avenida Independência, 2716 – Setor Leste Vila Nova em Goiânia. É a décima unidade da capital para promover conciliações e mediações, com uma diferença entre as demais: será exclusiva para questões que envolvem o consumidor.

O delegado titular da Decon, Webert Leonardo Lopes da Silva Santos, destacou que essa conquista é um marco histórico para a delegacia e inaugura uma fase importante para a população goiana. Para o delegado, a conciliação e mediação configuram um importante método como forma eficaz de solução de conflito.

O delegado contou que já realizava conciliações na delegacia, contudo informalmente, e que agora, com a parceria com o TJGO, as conciliações terão maior credibilidade pela formalização do processo e alcançarão mais pessoas, evitando ações judiciais. Segundo o delegado só em 2018 foram realizadas 297 conciliações informalmente. A expectativa é que o número seja dobrado em 2019.

A solenidade de instalação contou com a presença do gerente de Mediação e Conciliação do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), juiz Romério do Carmo Cordeiro. Estiveram presentes ainda o secretário de segurança pública, Irapuan Costa Júnior; o delegado-geral da Polícia Civil, André Fernandes de Almeida; superintendente da Polícia Judiciária, delegado André Gustavo Corteze Ganga; o coordenador do Cejusc local, juiz Fernando Ribeiro Montefusco; o juiz adjunto do Cejusc, Fernando Moreira Gonçalves; representantes do Procon-GO e servidores da Decon. (Fotos:  Centro de Comunicação Social do TJGO)