Deic prende homem que se passava por contador para aplicar golpes em Goiânia

303

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), cumpriu, na última terça-feira (26), mandado de prisão preventiva expedido em face do investigado Cláudio Neves Godoy, 39 anos, pela prática de vários crimes de estelionato, apropriação indébita e falsidade documental e ideológica.

As investigações se iniciaram a partir de “denúncia” do representante de uma empresa vítima que teria contratado Cláudio para exercer a função de contabilista do estabelecimento e, nesta condição, teria se apropriado de valores em dinheiro, falsificado assinaturas para locação de veículos, entre outras fraudes que geraram, além do prejuízo financeiro, irregularidades na empresa perante o fisco municipal, estadual e federal.

Ocorre que, ao perceber os golpes e procurar o Conselho Regional de Contabilidade do Estado de Goiás (CRC-GO) para noticiar a conduta do profissional, a vítima também acabou descobrindo que Cláudio não fazia parte dos quadros de contadores registrados no órgão.

Instaurado o inquérito policial, por ocasião da instrução do procedimento, a Polícia Civil acabou identificando outras vítimas, tanto pessoas físicas quanto pessoas jurídicas.

Além do procedimento da DEIC, Cláudio Neves Godoy ainda responde a mais cinco inquéritos policiais em delegacias de Goiânia. Contra ele há ainda vários registros de ocorrência por crimes da mesma natureza. O Inquérito deve ser finalizado nos próximos dias e será remetido ao Poder Judiciário.