Deic prende integrante de associação criminosa que subtraía equipamentos de grande porte; crime era cometido na divisa com Minas Gerais

402

As equipes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) realizaram a prisão em flagrante, na madruga do dia 7 para 8 de dezembro, de Gilmar Gonçalves de Leles pela prática dos crimes de tentativa de furto qualificado e associação criminosa ocorridos na região do município de Buriti Alegre de Goiás.

A prisão foi possível depois que o representante de uma empresa locadora de geradores de energia de grande porte suspeitou da forma como foram locados dois geradores que seriam, segundo alegado pelos criminosos, utilizados em um evento festivo na região do Lago das Brisas, localizado naquele município.

Tal suspeição surgiu a partir do momento em que a vítima percebeu que na tentativa do golpe foi utilizado o mesmo modus operandi que culminou, no mês de abril deste ano, no furto de dois geradores de outra empresa do ramo, que teve um prejuízo de mais de meio milhão de reais. 

Diante disso, foi contatada a equipe da DEIC, que se empenhou até o local e conseguiu realizar a prisão de Gilmar e recuperar os objetos, também avaliados em mais de meio milhão, antes que fossem subtraídos. No momento da ação policial, os objetos estavam sendo colocados em uma carreta-prancha e teria destino desconhecido.

A associação criminosa já era investigada há aproximadamente seis meses e os demais membros serão qualificados e indiciados na conclusão das investigações.

A ação rápida e eficaz da Polícia Civil fez com que o grupo não tivesse o mesmo êxito que teve, no mês de abril deste ano, em Caldas Novas. Assim, foi possível evitar que a empresa locadora tivesse prejuízo milionário.