Dema encaminha 2 toneladas de produtos agrotóxicos falsificados para incineração

222

A equipe de policiais civis da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema) acompanhou hoje (30) a retirada de cerca de 2 toneladas de agrotóxicos, embalagens, produtos perigosos, galões e maquinários usados em falsificações ambientais. Os produtos foram apreendidos pela Dema e estão vinculados a um inquérito policial ainda em trâmite na especializada.

Esses produtos foram retirados da Cavalaria da Polícia Militar, onde estavam acondicionados provisoriamente. No estado de Goiás, não há procedimento padrão normativo a ser seguido em caso de apreensões, armazenamento e destinação ambientalmente adequados de agrotóxicos oriundos de falsificação, contrabando, adulteração, furto ou roubo.

A solução tomada pela Dema para resolver este problema é individualizada e colaborativa. Com isso, uma empresa de saúde animal, diante da necessidade econômica de proteção ao seu produto e patente, viabilizou os custos da retirada e destinação ambientalmente adequadas dos produtos que estavam na Cavalaria e que agora serão incinerados por uma outra empresa especializada em tratamento de resíduos.