Denarc prende dois suspeitos de utilizar aplicativo de transporte particular para tráfico de drogas

119

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), efetuou a prisão em flagrante delito nessa terça-feira (08) de dois indivíduos que se passavam por motorista e usuário de aplicativo de transporte particular. Após denúncia anônima acerca dos dois indivíduos que estariam utilizando aplicativos de transporte particular como subterfúgio para a atividade ilícita de tráfico de drogas, em Goiânia, os policiais civis da Denarc passaram a monitorar os suspeitos, constatando que, de fato, eles costumavam transitar pela capital, no interior de um veículo, sendo que um dirigia o carro, enquanto o outro ia no banco traseiro, simulando a prestação de serviço de transporte particular de passageiro. No entanto, a verdadeira atividade de ambos era o tráfico de drogas, conforme restou comprovado por meio da investigação policial.

Após alguns dias de monitoramento, no final da tarde de ontem (08), os policiais civis conseguiram abordar os dois indivíduos no bairro Jardim América, logo após entregarem uma encomenda para uma pessoa. Na oportunidade, dezenas de porções de cocaína, já embaladas e prontas para comercialização, foram inicialmente encontradas no interior do veículo utilizado como aplicativo. Parte da droga estava na carteira do autuado que dirigia o veículo, enquanto outra parte estava escondida dentro do compartimento onde fica a caixa de fusível do automóvel. Posteriormente, ainda foram localizadas várias porções de cocaína na residência dos dois autuados, situada no bairro Cidade Jardim. Ao todo foram encontradas aproximadamente 100 porções de cocaína. A equipe da Denarc também localizou balança de precisão, sacos ziplock, comumente utilizados para embalar drogas, caderno de anotações com contabilidade do tráfico e valores oriundos da atividade de traficância. Nos últimos dias, vários falsos motoristas de aplicativo foram presos em flagrante por tráfico de drogas.