Denarc prende quadrilha do tráfico que mantinha delivery de drogas

1175

A Polícia Civil de Goiás deflagrou, nesta terça-feira (18/9), a Operação Conúbio IV que desarticulou associação criminosa que atuava no tráfico de drogas. Foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão domiciliar e 11 de prisão preventiva. De acordo com a operação, coordenada pela delegada Marcella Orçai, da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), o grupo mantinha um organizado sistema de distribuição varejista de drogas com cadastro de mais de 800 clientes.

Batizada de Conúbio IV, a operação é um desdobramento das operações Conúbio I, II e II, deflagradas pela Denarc em 2017. Em uma delas, no início do mês, 15 pessoas foram condenadas a penas que somam 103 anos de reclusão. Na operação, foram apreendidos diversos tipos de drogas, como cocaína, maconha, ecstasy e lsd, além de arma de fogo, dinheiro em espécie e veículos.

Segundo a delegada Marcella Orçai, o faturamento da quadrilha chegava a cerca de R$ 300 mil por mês. O sistema de distribuição varejista de drogas possuia uma central telefônica, onde os investigados Douglas Henrique Silva e Ana Paula Soares Rosa (companheiros) atendiam aos pedidos e determinavam a entrega de drogas.

As entregas, por sua vez, eram realizadas por cinco motociclistas em toda grande Goiânia, Rafael Nagel Viana, Victor Caifas Garcia, Gleiby Winnícius da Silva Pinto, João Paulo Modesto Ferro e Pablo Geovanni Macedo. Todos foram presos, com exceção de Gleiby Winnícius, foragido. Os presos responderão por tráfico de drogas, organização criminosa e posse de arma de fogo, podendo, se condenados, pegar mais de 25 anos de reclusão e multa.