Operação Derrocada: DERFRVA prende 11 suspeitos de roubos e tráfico de drogas

667

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), deflagrou nesta quarta-feira (18), a “Operação Derrocada” com o objetivo de desmantelar associação criminosa responsável pela prática de diversas infrações penais, como tráfico de drogas, roubo e receptação de veículos, adulteração de sinais identificadores de veículo automotor e homicídios.

Aproximadamente 70 policiais civis participaram da operação. Foram cumpridos até o momento 11 mandados de prisão e 11 de busca e apreensão. Outras três pessoas não foram localizadas e se encontram foragidas.

A operação, denominada “Derrocada”, é fruto de uma investigação que durou seis meses. Os elementos de prova indicam que RONIFLAY PEREIRA ALVES, conhecido por “Pato”, “Pé de Pato” ou “Patolino”, atualmente recluso na Penitenciária Odenir Guimarães, era o líder do grupo criminoso. Esse indivíduo, mesmo preso, cooptava e determinava que seus asseclas praticassem diversos crimes, como tráfico de drogas, roubos de veículos e, até mesmo, homicídios contra integrantes de facção criminosa distinta.

Também foram presos a esposa e o pai de  RONIFLAY, os quais o auxiliavam na guarda, venda e na contabilidade do tráfico de drogas. O cumprimento dos mandados de prisão e de busca e apreensão em desfavor de RONIFLAY contou com o apoio da Diretoria Geral de Administração Penitenciária – DGAP, por meio do GOPE.

A operação contou, ainda, com o apoio dos policiais civis da DEIC, DENARC, DECON, DERCR e do Grupo Tático da Polícia Civil – GT3.