DIH: Dupla suspeita de matar senhora para roubar, em Goiânia, é presa no Pará

169

A Polícia Civil, por meio de equipes da Delegacia Estadual de Homicídios de Goiás (DIH), prendeu na tarde de quarta-feira (10), na cidade de Rondon do Pará, Ednaldo da Conceição Silva e Franquisilva Borges do Nascimento, indiciados por um bárbaro crime de latrocínio ocorrido no dia 30 de abril do ano passado, na Vila Mauá, região sudoeste da capital.

No dia do crime, a vítima Haydee Oliveira da Silva Brites, uma senhora de 59 anos, teve sua casa invadida durante a madrugada, quando os dois criminosos arrombaram as portas para roubar eletrodomésticos em geral. Surpreendidos pela vítima, os criminosos efetuaram dezenas de golpes de faca e mataram a vítima sem qualquer piedade.

A investigação apurou que os custodiados mataram e roubaram a vítima para pagar dívida de drogas. Dois receptadores dos objetos levados da casa também foram presos.

O Inquérito Policial foi concluído de dezembro de 2020, mas ainda faltava a localização e prisão dos indiciados, razão pela qual foi criada, no âmbito da DIH, uma força tarefa que culminou com a prisão dos foragidos.

A divulgação da imagem e identificação dos presos foi precedida nos termos da Lei n.º 13.869, Portaria n.º 02/2020 – PC, Despacho do Delegado Titular desta unidade, nº 000010828006 e Despacho DIH/DGPC- 09555 dos responsáveis pela prisão, especialmente porque visa a identificação de eventuais crimes outros cometidos pelos suspeitos, bem como surgimento de novas testemunhas.