DIH e Depai apreendem jovem que, quando menor, cometeu cinco homicídios no Setor Pedro Ludovico

73

As equipes da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) e da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Goiânia, em atuação conjunta, deram cumprimento, na última terça-feira (9), a mandados de busca e apreensão do até então adolescente infrator Luiz Paulo Januário de Sena, vulgo “Gordinho”, atualmente com 18 anos de idade. Ele é suspeito de envolvimento em cinco homicídios: Hélio Junio Lima, vulgo “Indiao”, ocorrido no dia 6 de setembro do ano passado; Ediemerson de Souza Nascimento e sua companheira Danielle Gumarães Pereira dos Santos, ocorrido no dia 10 de fevereiro deste ano; Daquiel Ferreira Pinto, morto no dia 30 de março deste ano; Jefferson Correa de Oliveira, morto no dia 4 de abril último. Todos os homicídios foram praticados no Setor Pedro Ludovico, na capital.

A investigação policial apurou que Luiz Paulo, que era menor de idade na época dos fatos, e Luciano dos Santos Araújo, assassinado no dia 10 de abril deste ano, foram os executores de todos os delitos acima mencionados. Eles eram traficantes de drogas na região do Setor Pedro Ludovico e integrantes de uma facção criminosa.

Os policiais civis ainda descobriram que todos os homicídios praticados estavam relacionados com essa atividade criminosa, especialmente com a finalidade de manter o domínio do comércio de drogas na localidade, haja vista que as vítimas eram traficantes de associação criminosa rival ou tinham algum tipo de dívida com o grupo criminoso. Luiz Paulo, vulgo “Gordinho”, confessou a prática dos crimes, foi encaminhado ao juízo competente e permanecerá apreendido até o final do processo.