DIH e DPSS realizam Operação Saúde na DIH

91

A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) e a Divisão de Proteção à Saúde do Servidor (DPSS) realizaram, na manhã desta quinta-feira (23), o projeto Operação Saúde na DIH. Os servidores da DPSS passaram a manhã realizando atendimentos aos policiais civis da DIH, como aferição de pressão arterial, teste de glicemia e IMC. A delegada titular da DIH, Caroline Paim, abriu o evento, no auditório da delegacia, e falou da importância e atenção com a saúde do policial.  “A gente quer prevenir dores. A direção abraçou esta ideia. A DIH respira produtividade, prisões e operações. E paramos esta manhã pra cuidar de quem faz isso, que são vocês.”

Presente, o Delegado-Geral da PCGO, Alexandre Lourenço, destacou os índices de expectativa de vida dos policiais e os cuidados com a saúde durante a pandemia da Covid-19.  “Se a gente não cuidar da gente, não temos como cuidar dos outros. Sem o policial, a delegacia não existe. E temos uma unidade de saúde (DPSS) atuante, que cuida da gente”, declarou o Delegado-Geral. Eliane Beppu, coordenadora da DPSS, enfatizou o suporte prestado ao policial dentro da instituição. E estimulou os policiais a observarem a si e aos colegas. “A ideia é parar e pensar. Sobre o que eu sinto, minhas emoções. Para que vocês procurem a DPSS, a fim de prevenir o adoecimento”.

O evento também alertou para a comemoração do setembro amarelo, de prevenção ao suicídio. Os policiais civis também receberam um “kit de sobrevivência emocional”, com orientações de saúde, participaram ainda de um café da manhã e também tiveram palestra com psicólogos da DPSS sobre saúde física e mental. O evento contou ainda com a presença da delegada Ana Claudia Rodrigues Stoffel, adjunta da Superintendência de Polícia Judiciária.