DIH localiza e prende, em Pontalina, suspeito de homicídio ocorrido em Goiânia

329

A Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), com apoio de policiais civis da Delegacia de Polícia (DP) de Pontalina, prendeu temporariamente, na data de ontem (18), Jeremias Alves de Menezes pelo envolvimento no homicídio qualificado que vitimou Dhiego Morais de Castro. A vítima foi morta no dia 10 fevereiro deste ano, por volta das 15h, na Alameda Contorno, Vila Jardim Pompeia, em Goiânia.

A investigação da DIH apurou que a vítima era traficante de drogas na região dos fatos e estava devendo uma certa quantia em dinheiro para seu fornecedor, o qual se encontra preso na Casa de Prisão Provisória (CPP) em Aparecida de Goiânia.

Em razão dessa dívida, o fornecedor ainda não identificado ordenou que Jeremias, que também é traficante e trabalha para esse preso, executasse a vítima. Jeremias, se passando por um usuário de drogas, encomendou uma quantidade de entorpecente para a vítima e combinou de pega-lá no local dos fatos, sendo que quando a vítima chegou no local indiciado, Jeremias sacou de uma pistola cal. 380 e efetuou vários disparos de arma de fogo contra ela, que foi atingida e veio a óbito no local.

Após o crime, Jeremias fugiu para a cidade de Pontalina, onde foi localizado pelos policiais da DIH. Agora, outras diligências prosseguem no sentido de identificar o preso que determinou o assassinato da vítima.