DIH prende autor de homicídio no Setor Cristina; suspeito havia fugido para o Paraguai

397

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), efetuou nessa quarta-feira (20) a prisão de Paulo Ricardo Pacheco de Souza, vulgo “Dentão/Paulin”, investigado pela prática do crime de homicídio em face de José Lucas Gomes de Sousa, ocorrido no dia 2 de junho deste ano, na Rua Espanha, Setor Cristina, em Goiânia. Conforme apurado durante a investigação, um amigo de Paulo Ricardo entrou em vias de fato com um grupo de conhecidos da vítima no dia anterior ao homicídio. Paulo teve notícia da briga e foi até o Setor Cristina procurar os envolvidos, com o intuito de vingar seu amigo. Ao abordar a vítima, ela negou envolvimento e o suspeito ignorou sua fala, desferindo cerca de sete tiros nas costas de José Lucas.

O autor possui extensa ficha criminal, com destaque para os crimes de roubo e tráfico de drogas, tendo sido preso em flagrante no ano de 2018 por um policial militar de folga, logo após ter cometido um roubo dentro de um ônibus do transporte coletivo. Após o homicídio, o suspeito foragiu do regime semiaberto e evadiu para a fronteira Brasil-Paraguai, de modo que tal situação já estava sendo noticiada à INTERPOL, diante do temor do suspeito cometer novos crimes.

Após diligências investigativas, a equipe da DIH tomou conhecimento que o suspeito havia retornado para Goiânia no dia 15 deste mês e estava escondido em um hotel da região de Campinas, onde foi encontrado e preso, e em seu poder foi localizado um documento de identidade falso.