DIH prende dois investigados por homicídio de vítima encontrada enterrada por raizeiros em matagal

194

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), prendeu, nas cidades de Goiânia e Aragoiânia, na última quinta-feira (05), dois suspeitos de terem torturado, matado e enterrado um homem por desavenças envolvendo tráfico de drogas e vingança.

Segundo consta dos autos, a vítima foi atraída para região erma, morta e depois enterrada em um matagal no Residencial Nova Aurora, Goiânia. A vítima foi encontrada cerca de 10 dias após ter sido morta quando dois raizeiros, que realizavam a coleta de ervas e raízes na mata, visualizaram os pés da vítima para fora, sendo que todo resto do corpo estava enterrado.

Após vasto material probatório quanto à autoria do crime em questão, foi representado pela prisão temporária dos investigados pelo crime de homicídio. Após autorização judicial, um dos investigados foi preso na cidade de Goiânia e o outro na cidade de Aragoiânia. As investigações continuam no intento de identificar outras pessoas envolvidas na trama delitiva.