DIH prende filha suspeita de matar o pai; ela estava foragida há uma década

307

Os policiais civis da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) efetuaram, nessa quinta-feira (30), a prisão de Rosa Rita de Oliveira. Ela foi presa na Avenida 24 de outubro, em Campinas, na capital.

Nessa data, por volta das 20h, a equipe de plantão recebeu uma denúncia de que na Casa da Acolhida de Campinas havia uma mulher suspeita de ter matado o próprio pai.
A suspeita não foi encontrada no local. Mas, diante das informações, os policiais descobriram que ela havia fugido por medo de ser encontrada e passou a ser procurada em vários hoteis, até que foi localizada e cumprida sua prisão.

Elias José de Oliveira foi morto pela filha Rosa Rita com cortes no pescoço provocados por uma garrafa quebrada. O crime ocorreu no ano de 2008, sendo que ela estava foragida há mais de 10 anos.