DIH prende suspeito de participar de homicídio na região noroeste de Goiânia; mandante está foragido

229

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), coordenada pela delegada de polícia Marcella Orçai, em ação conjunta com policiais militares do 13º BPM (Região Noroeste), cumpriu mandado de prisão temporária na sexta-feira (28), no bairro Capuava, em Goiânia, de um homem suspeito de ter participado do crime de homicídio praticado contra de Fabiano Antônio da Silva. Fabiano foi morto, na data de 23 de junho deste ano, no Bairro da Vitória, região Noroeste de Goiânia.

Na ocasião da prisão, foram apreendidas drogas e uma arma de fogo calibre .22. O homem foi autuado em flagrante por posse de arma de uso permitido e tráfico de drogas. O mandante do crime, João Cruz Feitosa da Silva, se encontra foragido após romper tornozeleira eletrônica e depois fugir duas vezes do sistema prisional, sendo uma vez do Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (HUAPA), quando estava internado com Covid-19, e uma vez da cidade de Porto Nacional (TO), após ser recapturado. O crime foi praticado porque a vítima perdeu um celular de João Cruz quando ambos se encontravam presos e ainda perdeu uma arma desse mesmo preso em uma apreensão da Polícia.

A divulgação da imagem e identificação do foragido foi precedida nos termos da Lei n.º 13.869, Portaria n.º 02/2020 – PC, Despacho do Delegado Titular desta unidade, nº 000010828006 e Despacho dos responsáveis pela investigação, especialmente porque visa o surgimento de novas provas e testemunhas do homicídio em testilha, bem como outros crimes violentos na região.