Dois são presos pela Polícia Civil por associação criminosa e latrocínio tentado em Goiânia; vítima foi abordada em posto de combustível

310

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), na manhã de hoje (13), cumpriu os mandados de prisão preventiva em desfavor de Higor Bispo Cirqueira e Laércio Breno Cardoso Couto, investigados pela prática dos crimes hediondos de tentativa de latrocínio, por duas vezes, em concurso formal de crimes, e associação criminosa majorada, em concurso material de crimes.

Laércio e Higork, na companhia de um terceiro comparsa não identificado, são suspeitos de subtraírem, mediante violência física e emprego de armas de fogo, na data de 09 de julho de 2020, por volta das 19h54min, no Posto de Combustíveis MA, situado na Avenida T-15, Parque Amazônia, Goiânia, o veículo VW/Polo 1.6 SPORTLINE, cor cinza, e demais pertences da vítima.

Apurou-se que Higor teria sido o responsável por levar e deixar, no veículo Fiat Premio CS, cor branca, Laércio e o terceiro suspeito no Posto de Combustíveis MA. Após a abordagem da vítima, o terceiro suspeito entrou em luta corporal e atirou contra o proprietário do VW Polo, enquanto o investigado Laércio foi o indivíduo que efetuou disparos contra a outra vítima frentista do Posto de Combustíveis que tentou socorrer o proprietário do VW Polo. As vítimas não vieram a óbito, apesar das agressões físicas sofridas, dos disparos de arma de fogo e de uma delas ter sido alvejada. A Polícia Civil prossegue nas investigações no intuito de identificar o comparsa da dupla.

Verificou-se ainda que Laércio e Jeane Junio Ribeiro Rodrigues (presos pela DERFRVA, respectivamente, nas datas de 31/07/2020 e 12/08/2020), são suspeitos de subtraírem, na data de 11 de julho de 2020, em via pública, na Praça do Racha, no Setor Coimbra, município de Goiânia, um veículo automotor RENAULT KWID. O referido roubo foi praticado em concurso de pessoas com um terceiro indivíduo ainda não qualificado, mediante emprego de arma de fogo. Trata-se de uma associação criminosa armada suspeita de praticar roubos de veículos em Goiânia, a qual está sendo desarticulada pelas equipes da Polícia Civil da DERFRVA mediante compartilhamento de informações.

A divulgação das imagens dos suspeitos, no caso ora em tela, se justifica em razão da primazia do interesse público, haja vista que podem haver outras vítimas de crimes praticados pelos investigados citados.