DPCA de Caldas Novas cumpre prisão temporária de suspeito de estuprar criança de 12 anos

607

A Polícia Civil do Estado de Goiás, através da Delegacia de Polícia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Caldas Novas, cumpriu nesta quarta-feira (02) mandado de prisão temporária expedido contra um homem que é investigado por crime de estupro de vulnerável praticado em face de uma criança de 12 anos de idade.

As relações sexuais foram mantidas ao longo do período de aproximadamente 2 anos, entre 2019 e 2020. De acordo com a investigação, o autor era companheiro da avó da vítima e se aproveitava das oportunidades em que a menina o acompanhava ao local de trabalho dele e a propriedades rurais para a prática dos estupros.

Depois que os fatos foram revelados, o investigado deixou a residência onde convivia com a avó da ofendida e também abandonou o trabalho. Todavia, durante diligências efetuadas no dia de hoje, ele foi localizado e preso. Após o interrogatório policial, o homem acabou conduzido para unidade prisional de Caldas Novas onde permanecerá até a conclusão do inquérito policial.