DPCA de Goiânia prende pai de santo que abusou de adolescentes

352

A equipe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Goiânia efetuou, na data de hoje (sexta-feira, 5), o cumprimento do mandado de prisão preventiva em desfavor de Oli Santos da Costa, conhecido pai de santo.

Oli Santos é investigado por abusar sexualmente de três menores. Após tomar conhecimento da denúncia, a autoridade policial representou pela prisão preventiva do investigado, ante a gravidade dos fatos. Segundo apurado, ele praticou violação sexual mediante fraude com uma menor de 15 anos, desde quando ela possuía 14 anos; de uma menina de 19 anos, desde quando ela possuía 16 anos; além de importunar sexualmente uma menor de 17 anos.

Segundo as vítimas, o autor usava o argumento de que as práticas sexuais eram necessárias para a elevação espiritual delas. As vítimas narraram que, na maioria dos abusos, elas estavam emocionalmente abaladas e ficavam sem reação. O inquérito será concluído ainda essa semana e remetido ao Poder Judiciário tempestivamente.

Delegada responsável:  Caroline Borges Braga.