DPCA prende suspeito de estupro praticado contra o primo; autor gravou áudio para pedir desculpa aos pais da vítima

264

Na manhã de hoje (quinta-feira 27), a equipe de policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Goiânia cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de I. B. O. F., lavador de carros, de 19 anos, pela pra prática de crime de estupro de vulnerável contra seu primo, atualmente com 8 anos de idade.

A criança foi submetida à prática de atos libidinosos por dois anos. Os crimes ocorriam na residência da vítima. Os pais só perceberam os fatos quando observaram o comportamento sexualizado do filho. Embora o preso tenha negado a prática dos crimes em seu interrogatório, ele encaminhou diversos áudios para a mãe da criança pedindo perdão pelo que fez. Nos áudios, inclusive, o investigado disse que não aconteceria nada com ele por seu réu primário, pagaria, no máximo, algumas cestas básicas. O autor ainda confessou (também nos áudios) ter feito o mesmo com outras duas crianças da família.