Em ação controlada, Polícia Civil prende suspeito de desvio milionário de massa asfáltica

335

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar), prendeu nesta terça-feira (11), em flagrante delito, um indivíduo de 42 anos por furto qualificado. Ele seria o responsável por desviar cargas de emulsão asfáltica avaliadas em meio milhão de reais. O homem foi preso em Aparecida de Goiânia.

A prisão se deu depois de investigações serem iniciadas, há cerca de cinco meses, com objetivo de desvendar a autoria de subtrações de cargas de insumos para fabricação de asfaltos, de altíssimo valor agregado.

As diligências iniciais deram conta de que, nos quadros da empresa vítima (uma fabricante dos produtos), existia um estruturado grupo criminoso que se especializou em desviar parte das cargas, adulterando os pesos originais dos insumos embarcados nos caminhões. No ato da entrega, as vítimas compradoras ficavam no prejuízo pela aferição incorreta da pesagem, situação que só se tornou conhecida devido às investigações.

Estima-se que o prejuízo às vítimas (prefeituras e pessoas jurídicas ligadas à administração indireta) ultrapassam dezenas de milhões de reais. “É importante destacar que a prisão do investigado só se deu em razão de ação controlada, concedida judicialmente a pedido da PCGO”, afirma o delegado Diogo Luiz Barreira Gomes, adjunto da Decar.

Os representantes legais das vítimas estão sendo ouvidos pela Polícia Civil e as investigações prosseguem para localização de outros autores.