Garra/Deic prende dupla suspeita por roubos em Goiânia; crime foi praticado numa maternidade e loja de cosméticos

287

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Roubos da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GARRA/DEIC), cumpriu nessa segunda-feira (22), na cidade de Anápolis, mandado de prisão temporária de Valtecy Sebastião de Oliveira (50 anos) e de Enelison de Souza (34 anos), suspeitos da prática de dois crimes de roubo majorado pelo concurso de pessoas e emprego de arma de fogo.

O primeiro roubo ocorreu dia 15 de outubro do ano passado, no setor Aeroporto, em Goiânia. Os suspeitos invadiram o Departamento Pessoal de uma maternidade e, armados, renderam as funcionárias mediante grave ameaça, obrigando algumas a ficarem de joelhos e outras deitadas, enquanto recolhiam os pertences, ao que passaram por momentos de grande temor. Os investigados subtraíram objetos diversos, como aparelhos celulares, cartões bancários e dinheiro em espécie. No decorrer das investigações, ainda foi apurado que, no dia 12 de janeiro deste ano, no setor Jardim América, ocorreu um roubo numa loja de cosméticos, sendo que, através das características físicas e modus operandi, foi verificado que se tratavam dos mesmos suspeitos investigados no roubo da maternidade.

Após abordar as funcionárias da loja, os suspeitos subtraíram aproximadamente 270 frascos de perfumes importados, uma CPU, um aparelho de som, um notebook, dinheiro em espécie, além do DVR das câmeras de segurança, gerando grande prejuízo à vítima. As funcionárias ficaram em estado de choque ao perceberem que pelo menos um dos investigados estava armado. Os suspeitos foram recolhidos no Presídio de Anápolis à disposição do Poder Judiciário.

A divulgação da imagem e identificação dos presos foi procedida nos termos da Lei nº 13.869/2019, Portaria nº 02/2020 – PC e Despacho do Delegado de Polícia responsável pela investigação, especialmente porque os autuados são suspeitos de praticarem diversos furtos e roubos a residências. A divulgação de suas imagens podem auxiliar no surgimento de novas vítimas que fizerem os seus reconhecimentos.