GIH de Luziânia concluiu investigação de latrocínio; adolescentes foram apreendidos

182

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia, cumpriu nessa segunda-feira (09) mandado de busca e apreensão de adolescente suspeito da prática de ato infracional análogo ao crime latrocínio.

O crime aconteceu no dia 27/06/2020, no bairro Jardim do Ingá, quando dois adolescentes, a mando de um terceiro maior de idade, tentaram roubar a vítima Samia Regina de Sousa, 28 anos. Na ocasião, a vítima teria resistido ao roubo e os adolescentes a mataram mediante golpes de facão. A perícia constatou em torno de 22 golpes, que causaram diversas lesões de defesa no corpo da vítima, cortando, inclusive, partes da mão dela.

Segundo as investigações, a vítima foi morta na residência do mandante do crime, local utilizado para realização de festas e distribuição de drogas e bebidas alcoólicas a adolescentes. Ainda de acordo com as diligências, foi apurado que os adolescentes envolvidos neste caso cometiam diversos crimes a mando do maior envolvido.

O mandante do crime foi preso por policiais civis do GIH em 09/09/2020, porém os adolescentes estavam foragidos. O primeiro adolescente, de 15 anos, foi apreendido no dia 04/11/20. Ele estava foragido e foi localizado em Goiânia. Já o segundo adolescente, de 17 anos, também foragido, foi localizado no estado do Piauí e apreendido no dia de ontem, 09/11/20.
A apreensão foi comunicada à Vara da Infância e da Juventude de Luziânia e o adolescente permanecerá custodiado enquanto aguarda o julgamento. O GIH assim concluiu o caso.